top of page

Guia de Leitura #8 Marx, uma Introdução

Marx, uma Introdução

de Jorge Grespan


Marx, uma introdução, escrito por Jorge Grespan, é resultado de um longo trabalho do autor. A primeira versão do texto foi publicada em 2006, quinze anos atrás, em uma série da “Folha Explica”, da Publifolha, reeditada em 2021 para publicação pela editora Boitempo.



O livro é dividido em seis capítulos, nomeados com conceitos que o autor se propõe a debater no livro, considerados por este como centrais para a obra de Marx. São eles: Alienação, Mercadoria e capital, Fetichismo, para além da mercadoria, Ideias e representações, Crises econômicas e História e Revolução. ​ Em cada capítulo, Grespan inicia realizando um resgate histórico da conjuntura em que Marx vivia, bem como com qual autor estava debatendo, para ilustrar de onde partiram suas ideias para elaboração de sua teoria, o que auxilia a compreender o movimento de seu pensamento. No último capítulo, intitulado História e Revolução, Jorge Grespan resgata o objetivo de Marx ao desenvolver sua brilhante obra, que foi mostrar que os homens fazem a sua própria história, mas não de livre e espontânea vontade. Isso só irá ocorrer com o desaparecimento das classes sociais, consequência da socialização dos meios de produção, assim, todas as formas de opressão de classe perdem sua razão de ser. ​


Portanto, o comunismo, dizem Marx e Engels na Ideologia Alemã, não é um estado ideal estabelecido no qual a realidade deve se direcionar, mas o movimento real que supera o estado de coisas atual. O final do livro é imprescindível como uma introdução à obra de Marx, pois é onde Grespan demonstra que Marx não se considerava um marxista, para que não tivesse nenhuma obrigação em manter uma opinião por princípio que depois considerasse errada por ignorar aspectos da realidade. ​ Por isso, não escrevia para encerrar o assunto e o enrijecer; muito pelo contrário, sua obra demonstra o caráter contraditório e mutante do capitalismo e continuará viva por sua plasticidade, mesmo que muitos tentem declarar a sua morte.


Sobre o autor

Jorge Grespan é graduado em economia (1980) e em história (1982) pela Universidade de São Paulo (USP), fez doutorado em filosofia na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) em 1994 e pós-doutorado na Universidade Livre de Berlim em 1996-1997. Atualmente, é professor titular do Departamento de História da FFLCH-USP. Escreveu o livro "O negativo do capital", "Iluminismo e revolução francesa" e "Marx e a crítica do modo de representação capitalista".


Textos relacionados


Obras sugeridas

MANDEL, Ernest. A formação do pensamento econômico de Karl Marx: de 1843 até a redação de O capital. Trad. Carlos Henrique Escobar, Rio de Janeiro, Zahar, 1968. NETTO, José Paulo. Marx, uma biografia, São Paulo, Boitempo, 2020. ROSDOLSKY, Roman. Gênese e estrutura de O capital de Karl Marx. Trad. César Benjamin, Rio de Janeiro, Eduerj/Contraponto, 2001.

68 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page